BLOG

Acompanhe nossos conteúdos

Atendimento Educacional Especializado: saiba o que é e como ter um apoio mais otimizado com recursos tecnológicos

por | jul 16, 2021 | IDS Educação

O Atendimento Educacional Especializado é uma parceria profissional entre um especialista psicólogo, fonoaudiólogo, entre outros, que atuam no apoio de pedagogos, professores e alunos para desconstrução de barreiras de aprendizagem que possam existir.

Dessa forma, quem necessita desse atendimento podem ser deficientes, com transtornos ou com altas habilidades e superdotação. 

Assim no trabalho interno das escolas municipais é uma demanda oferecida pelo município que pode variar, no nível de visitas, tipos de especialistas, a depender dos serviços educacionais que a prefeitura disponibiliza às suas escolas.

Em síntese o desenvolvimento desses atendimentos, funciona como serviço de apoio à sala de aula comum. 

O atendimento educacional especializado possui como atividades:

  • A criação e implantação de recursos pedagógicos para a acessibilidade;
  • Proporcionar espaço de plena participação de todos os estudantes com igualdade;
  • Considerar o processo de ensino-aprendizagem alinhado com as necessidades educacionais específicas;
  • Abrir o cenário de aprendizagem que possibilita as potencialidades e não as deficiências dos estudantes. 
  • Oferecer apoio complementar e/ou suplementar à formação de alunos nas turmas;
  • Promover autonomia e independência a cada estudante atendido. 

 

Alunos acompanhados pelo Atendimento Educacional Especializado: veja como um sistema de informação ajuda nessa tarefa

 

Definitivamente é preciso ter maior qualidade de aprendizagem para alunos que necessitam de atendimento especializado, afinal, essa é uma necessidade urgente que deve estar constantemente sendo melhorada!

Nesse sentido, entenda mais sobre as características especiais de cada aluno que precisa do apoio:

 

1 – Alunos com deficiências: impedimentos de longo prazo

Ou seja, são estudantes que possuem alguma deficiência de natureza física, intelectual, mental ou sensorial que podem ocasionar em algumas barreiras e complicar a participação plena e efetiva do aluno na escola e na sociedade.

 

 

 

2 – Alunos com transtornos globais: alterações no desenvolvimento neuropsicomotor

Por exemplo, alunos que possuem um quadro de alterações que comprometem ele nas relações sociais, são estudantes com autismo ou alguma síndrome (que pode ou não envolver psicoses), além de, estudantes com algum transtorno invasivo sem especificações.

 

 

3 – Alunos com altas habilidades ou superdotação: são de potenciais elevados

Em outras palavras, alunos que apresentam um conhecimento humano isolado ou combinado, de níveis intelectuais, acadêmicos, de liderança, psicomotores, artísticos ou criativos, são estudantes de potencial elevado e que também exigem a atenção profissional especializada.

 

 

Fonte: texto adaptado do Portal do MEC (portal do mec.gov.br). 

 

Por isso, é indispensável ter um sistema que auxilia no controle dos Atendimentos Educacionais Especializados! 

 

Sobretudo para ter total autonomia no cumprimento das demandas dos atendimentos especializados, nas escolas é essencial contar com a tecnologia para auxiliar nas atividades internas desse apoio.

Desde já, avisamos que nós temos um sistema que realiza o controle de todos os processos

Assim é muito mais fácil realizar registros do aluno com data e hora de atendimento, cadastramento de unidade escolar, motivos e maiores detalhes relacionados ao andamento do atendimento e evolução do estudante. 

Acima de tudo é possível ter facilidade de informações com acesso único, otimizando o tempo do profissional que auxilia os alunos. 

Quer saber mais sobre esse sistema educacional? Deixe o seu contato para apresentarmos uma demonstração gratuita para você! 

Gostou do conteúdo?

Siga a IDS nas redes, para ficar sempre bem informado:

Facebook

Instagram

Linkedin

E não deixe de compartilhar nosso conteúdo semanal!