BLOG

Acompanhe nossos conteúdos

Como a troca de gestão pública afeta o PME e por que ele é importante?

por | mar 11, 2021 | IDS Social

O Plano Municipal de Educação, popularmente chamado de PME, é um dos instrumentos mais importantes para a gestão pública educacional de um município. Ele firma o compromisso dos gestores com as escolas e com o ensino de seus cidadãos.

Quando ocorre a troca de gestão, é importante que os responsáveis definam quais são os próximos passos para cumprirem o propósito delimitado para a Educação municipal. 

Esses passos começam na deliberação dos planos e programas que serão apresentados pelos novos gestores, e de quais estratégias serão mantidas da gestão anterior. 

É por isso que o PME é tão essencial, por apresentar os objetivos e as metas da educação municipal.

Quer saber mais sobre o PME e como o período de troca de gestão pode afetá-lo? Continue a leitura!

O que é PME?
Por que o PME é tão importante?
O que a troca de gestão significa para os PMEs?

 

O que é PME?

O que é PME?

O Plano Municipal de Educação é um planejamento que estabelece objetivos para a Educação dentro no município, tendo como base os 20 objetivos do PNE, o Plano Nacional de Educação. 

Assim como o plano nacional, o PME tem uma duração de 10 anos. Após esse período são avaliados os resultados e propostas novas metas, seguindo as novas propostas do Plano Nacional de Educação, que também é atualizado. Além disso, o PME obviamente também precisa estar alinhado ao Plano Estadual de Educação (PEE).

Por ter uma validade de 10 anos, o PME transcende os governos municipais que ocorrem nesse período. Isso significa que os objetivos continuam os mesmos independente da gestão que esteja à frente do município no momento. 

O que está a critério da gestão atual são os programas e tomadas de decisões. Ou seja: o caminho que será percorrido pelo município para atingir os objetivos pré-estabelecidos. 

Isso pode variar de gestão para gestão e cabe aos novos gestores se adaptarem à proposta do PME na hora do planejamento para sua secretaria municipal de Educação. Assim, eles podem elaborar formas de continuar a cumprir os objetivos do plano.

É por meio dessas condições – alinhamento com o PNE e com o PEE, e ter objetivos fixos que não variam a cada mandato – que sua gestão municipal consegue agir de forma coordenada com as demais esferas do governo, contribuindo para a unidade da Educação em escala nacional.

Por que o PME é tão importante?

Se pensarmos que as necessidades básicas da população são: saúde, educação, segurança, transporte, alimentação e moradia, podemos concluir que o Plano Municipal de Educação é uma das propostas mais importantes de um município.

Isso porque ele guiará as escolas na sua missão, tendo como ponto de partida a elaboração de políticas e ações para superar os desafios, melhorar o ensino e enfrentar os problemas educacionais do seu município.

Como já vimos, ele está alinhado com o planejamento de outras esferas do governo, mas só o Plano Municipal pode de fato propor soluções para os problemas locais, uma vez que os planos federal e estadual podem ser muito abrangentes, ainda que sumariamente importantes.

É válido ressaltar também que o PME dialoga com os principais setores da sociedade. Para sua elaboração e implementação, é necessário a participação das escolas, dos gestores públicos, gestores escolares, professores, dos alunos e, claro, de suas famílias, entre outros.

Por isso, a organização da gestão pública em um novo mandato precisa muito levar esse planejamento em conta.

 

O que a troca de gestão significa para os PMEs?

O que a troca de gestão significa para os PMEs?

Toda vez que a gestão muda, em novos mandatos, o PME acaba passando por uma espécie de releitura. Afinal, ele precisa se adequar aos planos de governo da nova administração municipal

No entanto, como vimos, os objetivos do Plano Municipal de Educação só podem ser revistos a cada 10 anos, quando um novo PME é elaborado pelo Fórum Municipal de Educação. 

Por isso, a nova gestão tem liberdade para elaborar e implementar ações diferentes, mas sempre visando atingir as mesmas metas propostas no plano. 

A forma como farão isso pode variar, sendo possível seguir os programas das gestões anteriores e ainda elaborar novas ideias. Mas sempre focando nos objetivos originais.

Sendo assim, quando uma nova gestão entra em cena, é preciso se atualizar sobre o que vem sendo feito para dar continuidade ao plano de educação. É necessário ser flexível para se adaptar à realidade das escolas e às ações postas em prática por governos anteriores.

Para ter essa flexibilidade e conseguir organizar sua Educação com eficiência, é válido contar com a tecnologia. Com o sistema certo, você pode levantar todas as informações da Secretaria de Educação e elaborar o plano mais adequado à realidade do seu município. 

Para a sua Secretaria de Educação, você pode contar com o IDS Educação, que vai te ajudar na gestão escolar, gestão pedagógica, alimentação, transporte, bibliotecas e muito mais. Inclusive com dados e planilhas atualizadas com todas as informações das escolas.

Com tudo isso, sua gestão escolar fica muito mais organizada para se adequar aos objetivos do PME e preparada para oferecer um ensino de qualidade.

Saiba mais sobre o potencial da tecnologia na educação no nosso eBook:

Entenda a legislação de alimentação escolar e o programa PNAE